Carlos Cardoso

CARLOS CARDOSO –  PASTOR PRESIDENTE DA ICMAV

 

 

O Pr. Carlos Cardoso, casado com Isabel Cardoso, nasceu em Porto Amboim, Angola a 29 de Outubro de 1955.

 

Quando se dá o 25 de Abril e subsequente independência deste país, veio para Portugal onde completa os seus estudos de Educação Física.

 

Atraído pela leitura da Bíblia que lhe foi oferecida por uma tia que era evangélica, recebe Jesus e começa a frequentar a Assembleia de Deus de Cascais.

 

 

Acabando os estudos foi dar aulas para a Figueira da Foz. Algum tempo depois parou de lecionar para ir estudar no Instituto Bíblico Monte Esperança em Fanhões, onde fez vários trabalhos para poder pagar as propinas.

 

 

Entretanto, vai fazer um curso para a Holanda onde conhece a sua esposa Nana, com quem vem a casar depois de ter cumprido a tropa.

 

Foram residir para a Figueira da Foz onde retomou a profissão de Professor de Educação Física, até que aceitou o desafio de ser pastor na Mealhada a convite do Pastor João Cardoso e depois de um ano foi chamado para dar aulas na Escola Bíblia Zoe em Lisboa.

 

 

Em Maio de 1988 foi convidado pelo Pastor Joaquim Leitão para pastorear igreja Assembleia de Deus de Cascais, que atualmente tem o nome de Igreja Cristã Manancial de Águas Vivas (ICMAV).

 

 

Aqui continua envolvido na promoção duma igreja com propósitos que seja relevante na comunidade, sempre com o entusiasmo e paixão que lhe são tão característicos.

BIOGRAFIA 

 

O Pr. Carlos Cardoso nasceu numa pequena vila chamada Porto Amboim, em Angola. Antes do 25 de Abril, este porto piscatório era tão pequeno que nem tinha médico e, por isso, o parto aconteceu em casa ajudado pelo Sr. Pimentel, um enfermeiro, e pela sua avó materna. Foi um parto difícil, trazendo já um prenúncio do que seria a sua vida: Uma luta pela sobrevivência e militância por aquilo que acredita e valoriza.

 

Estudou até à 4ª classe em Porto Amboim, e depois foi teve de ir estudar para Novo Redondo (hoje chamada de Sumbe), porque nesta pequena vila não havia liceus. Assim, saiu de casa muito novo, com 10 anos, para ir viver com uma família estranha, e nunca mais voltou para casa. Embora tendo sido bem tratado, foi difícil a mudança e a adaptação a uma nova vida. Depois de terminar o 5º Ano “sai” novamente de casa e vai para Luanda para tirar o curso de Educação Física.

 

Entretanto, acontece o 25 de Abril em Portugal e no dia 11 de Novembro de 1975 dá-se a independência de Angola com o país em guerra civil entre os vários movimentos políticos. Estando a estudar em Luanda, viu muitas pessoas serem mortas nas ruas, passando inclusivamente por algumas situações extremamente complicadas e aterrorizantes. Quando se apercebe que há uma probabilidade extremamente alta de ser morto, resolve vir para Portugal.

 

A mãe e a irmã já tinham conseguido vir para o continente, e então ele e o pai vêm com mais algumas pessoas num barco alemão que os levou para o Gabão, onde os puseram num avião para Paris, França, e finalmente num avião da TAP para Portugal.

 

Aqui retoma os estudos de Educação Física numa fase extremamente conturbada, em que o meio estudantil era muito politizado, mas devido às experiências que tinha vivido levaram-no a entrar numa crise existencial.

 

Ele frequentava a casa duma tia que era evangélica e que lhe oferece uma Bíblia. Maravilhado com aquilo que leu na Bíblia, rendeu-se e entrega o coração a Deus. Recebe Jesus na Assembleia de Deus de Sete Rios e começa a frequentar a Assembleia de Deus de Cascais.

 

Terminando o curso, vai dar aulas para a Figueira da Foz, mas um ano depois decide fazer uma formação teológica no Instituto Bíblico no Monte Esperança, em Fanhões, onde teve que fazer vários tipos de trabalho para pagar as propinas. Aqui, num Congresso de Jovens de vários países conhece a Nana. Depois de cumprir a tropa, casa com ela na Assembleia de Deus de Ourique, em 1981.

 

Foram residir para a Figueira da Foz onde regressou ao ensino passados por escolas como Figueira da Foz, Coimbra, Montemor-o-Velho, Tocha e Murtosa. Durante estes anos tem dois filhos: o Bruno e a Rute.

 

Foi consagrado sendo ainda professor de Educação Física, mas depois o Pr. João Cardoso convidou-o para pastorear a Igreja Centro Cristão Vida Abundante (CCVA) da Mealhada a tempo inteiro.

 

Em Setembro de 1993, o Pr. João Cardoso chamou-o para dar aulas na Escola Bíblica Zoe em Lisboa, onde permaneceu até receber o convite do Pr. Joaquim Leitão para pastorear a Assembleia de Deus de Cascais, hoje denominada Igreja Cristã Manancial de Águas Vidas (ICMAV).

 

Como é dito por ele mesmo, está bem com a vida, mesmo tendo tido uma vida muito sofrida, ganhou resistências com o que aprendeu na vida, tornando-se uma pessoa resiliente, vendo a mão de Deus em tudo na preparação para algo maior e melhor.

 

Crê que está dentro do propósito de Deus, envolvido numa comunidade relevante que atua na sociedade, que apresenta o propósito para a vida de cada um, que trabalha na restauração de vidas.